Tag

pandemia

Browsing

Sem abraços e visitas, como fica o afeto aos idosos no Natal?

Saudade dos abraços. Saudade das visitas da família. Com a pandemia essas são as principais ausências do nosso dia a dia, mas que se acentuam cada vez mais na rotina dos idosos com a chegada do Natal, época de confraternização. Qual é o sentimento natalino para os idosos por conta do Covid-19 – que só aumenta pelo mundo com grande índice de mortes? Sem visitas em casa, são eles os que mais sofrem com a falta de um abraço. Saudade é o resumo de tudo o que eles passam com a falta da presença de amigos e parentes no ambiente onde moram. Seja em casa ou num asilo. Mas, na verdade nós, não estamos num momento de tristeza, mas, sim, de celebração! Porque apesar dos pesares estamos vivos e sobrevivemos a essa tempestade, que ainda acontece. É por isso que, perto ou distante do outro, devemos celebrar sempre com alegria.…

Elevando a autoestima e renovando as esperanças para além da pandemia

Vivemos um momento onde a tecnologia oferece tantas opções e oportunidades de mudanças de vida em todos os sentidos. Embora isso aconteça é muito comum sentirmos um vazio, desesperança, descontentamento, infelicidade. São tempos difíceis, que nem sempre as coisas acontecem como queremos. Antes da pandemia, estávamos vivendo de forma corrida, não tínhamos tempo pra nada! Vivíamos ocupados com nossas tarefas do dia a dia. De repente fomos “forçados a parar”, a pandemia nos parou. Começamos a ser um pouco mais reflexivos… a prioridade era sempre o outro! Priorizar o outro nos faz ter baixa autoestima, nos trazendo tristeza constante, infelicidade, insatisfação, pessimismo, além da sensação de insuficiência, de nos sentirmos feios, pois não temos tempo pra nós mesmos. Abandonamos nossos sonhos e projetos, acumulamos lixo emocional. É preciso saber dizer NÃO, quando não queremos fazer algo. Quando não nos amamos, não rompemos! Ficamos estagnados, sem conseguir dar sequência aos nossos…

× Fale com a Dila!