Tag

#HomeCare

Browsing

Bolsa de Colostomia

Bolsa de Colostomia: o que é isso? Bolsa de Colostomia. Para quem nunca ouviu falar sobre o assunto, entenda o que é e como tudo acontece. É um tipo de ostomia que consiste na ligação do intestino grosso diretamente à parede do abdômen. Esse processo permite a saída de fezes para uma bolsa, quando o intestino não pode ficar ligado ao ânus. Isso normalmente ocorre após cirurgias para tratar problemas no intestino, como câncer ou diverticulite, por exemplo. Cuidados com a bolsa de colostomia Para trocar a bolsa da colostomia é recomendado: Retirar a bolsa, descolando lentamente para não magoar a pele. Uma boa dica consiste em colocar um pouco de água morna na região para ajudar a descolar mais facilmente; Limpar o estoma e a pele em volta com um pano macio limpo umedecido em água ou soro fisiológico. Não é necessário utilizar sabão, mas, caso se prefira, é recomendado um sabão neutro, que deve ser bem retirado com água limpa antes…

O que você deveria saber sobre “Endocardite Bacteriana”

Que doença é essa que causa infecção nas estruturas internas do coração? Endocardite afeta o endocárdio, provocando inflamação na membrana que reveste a parede interna do coração e as válvulas cardíacas. CAUSAS: É causada pela presença de bactérias que caminham no organismo humano devido a uma infecção em vários locais do corpo como dente, ferida na pele, etc. Quando o sistema imunológico está baixo, ele não consegue combater essas bactérias que acabam se espalhando pelo sangue até chegar no coração. SINTOMAS: Febre e calafrios; Sudorese ou hiperhidrose (uma condição médica cuja principal característica é a transpiração em excesso) e mal-estar geral; Palidez; Dor nos músculos e articulações; Náuseas e diminuição do apetite; Pés e pernas inchados; Tosse e falta de ar. TRATAMENTO: O tratamento para endocardite é feito através de antibióticos ou antifúngicos, em doses elevadas, por via venosa, no período mínimo de 4 a 6 semanas. Para aliviar os sintomas,…

O tempo é de cuidar de si para cuidar do outro

“No meu tempo…”. A expressão bastante utilizada pelos “mais velhos” vem do período de vivência dos idosos, principalmente dos nossos pais e avós. Seja qual for a fase, ela está cada vez mais ultrapassando a ideia de que certas idades são superiores às outras. Cada um tem o seu tempo e o resultado dele em cada pessoa deve ser o mais saudável e produtivo.  É o que chamamos de amadurecimento humano. O amadurecer é forjado ao longo da vida como um processo interno assimilado com diferença a cada indivíduo.  Através das suas experiências e de situações que transitam para seu o crescimento com o melhor controle das emoções,  passamos a conhecer as próprias limitações para tomadas de decisões com mais segurança. A idade madura traz a oportunidade de uma nova relação com a vida, uma atenção maior com o “cuidado” em todos os aspectos. Mas antes de tudo, o tempo…

Catarata: um grande obstáculo na visão dos idosos

Se você tem catarata na terceira idade, saiba que não está sozinho. É divulgado pela mídia que no Brasil a doença atinge 7 entre 10 idosos, a partir dos 70 anos. Mas essa estatística não é para ser um conforto como união de todos com catarata e muito pelo contrário deve ser encarada como alerta para a solução imediata do problema. A catarata é a principal causa de cegueira reversível em todo o mundo – um grande obstáculo que segue crescendo nos olhos dos idosos. A visão começa a ficar borrada e os objetos ficam distorcidos. Há dificuldade para determinar cores, dificuldade de se enxergar com muito sol e também para dirigir à noite. O envelhecimento contribui para a diminuição discreta da visão humana, mas com o avanço da idade a catarata, progressivamente, compromete a “lente natural dos olhos”. É chamado de “cristalino”, localizado no interior do olho, atrás da íris e junto…

Dia e noite: atendimento Homecare para toda a família com o “Jeito Dila de ser”

Por Clovis Correa Atendimento de saúde domiciliar é uma grande oportunidade para dar conforto à pessoa que você ama e está num tratamento clínico.  E o valor do custo-benefício pode não ser o que impeça a contratação do serviço. Lembre-se que nossa Equipe de Saúde Dila Oliveira está sempre pronta para o cuidado das pessoas. Escolha o serviço que você deseja! Acompanhamento para a terceira idade, gestantes, crianças com deficiência, pessoas com pós-operatório e o que mais você precisar na área da saúde domiciliar e bem-estar. O “atendimento home care” cada vez mais vem sendo utilizado como opção para saúde e bem-estar do paciente. Em casa, seja ele idoso ou não, a tranquilidade é a garantia para quem precisa trabalhar e deixar uma pessoa doente com segurança e sob cuidados humanizados. Um serviço que vai além do “cuidador” que oferece um acompanhamento básico com alimentação, higiene, entre outros. O atendimento…

“Curso de Cuidador Dila Oliveira” em Bonsucesso, RJ, é a opção de qualidade em qualquer modalidade de ensino com certificado

Por Clovis Correia Curso presencial ou à distância? Oh, dúvida cruel! Quando a gente pensa em fazer um curso presencial, logo vem à cabeça saber se o mesmo oferece certificado. E quanto ao curso à distância, aí é que o certificado pode ser um ponto crucial para o avanço até a realização da matrícula. Acreditamos que nem sempre um certificado indica a qualidade do curso, mas muitos preferem ser enganos por um falsos anúncios. Não procuram saber da qualidade do ensino e nem da instituição onde escolhe para estudo de capacitação profissional. Para quem se encontra numa indecisão na escolha da modalidade do “Curso de Cuidador”, nós da Dila Oliveira temos a solução. Nosso programa de formação do Curso de Cuidador Dila Oliveira oferece aulas presenciais ou on-line com a mesma qualidade de conteúdo. O curso visa formar profissionais preparados para cuidar e lidar com pacientes de diversas idades buscando…

Higiene pessoal no envelhecimento com a ajuda do Cuidador de Idoso

Hoje com a pandeia do Covid-19, tanto se fala na higienização das mãos e alimentos, mas em se tratando de idoso essa precaução é antiga e rigorosa. Manter a boa higiene pessoal é fundamental para a saúde de qualquer ser humano. Mas o cuidado com a higiene do idoso é essencial na função do Cuidador de Idoso. Isso, porque quando o idoso perde a sua capacidade cognitiva ou motora, ele pode não conseguir ter os cuidados mínimos consigo mesmo. Daí, a necessidade do profissional para acompanhá-lo nessa atividade. Dependendo das condições do paciente, o cuidado com a higiene pessoal do idoso pode ser apenas um incentivo ou auxílio em alguns momentos. Por exemplo, pentear o cabelo, fazer a barba ou cortar as unhas. No entanto, se o idoso tiver suas capacidades muito mais comprometidas, pode ser necessário auxiliá-lo também nos seguintes momentos: – ir ao banheiro; – tomar banho; -…

Cuidar do outro requer entendimento da vida humana, principalmente, na velhice

Atenção Cuidador de Idoso! Mantenha uma boa relação com seu paciente e os familiares dele em casa ou no hospital o acompanhando. Não comece um trabalho nessa área de cuidar do outro” se você tem preconceito quanto à velhice e é daqueles que soltam frases absurdas por aí: “Que velho chato!”; “Que velho rabugento!”, “Que velho cheio de manias!”. Não é bem assim… Chatos e rabugentos podemos ser em qualquer momento, independente de da idade. Manias? Se a gente procurar, acha em nosso dia a dia, não é mesmo? O trabalho do cuidador é uma conquista diária e se você fizer o necessário no seu plantão estará cumprindo o grande e importante papel do profissional. Seja atencioso e não dê ouvidos aos sinais negativos a respeito do idoso. Se apresente com seu uniforme impecável, seu material de uso sempre por perto. Seja atencioso, simpático, educado e não deixe o mau humor…

Cuidador de Idoso não é um faz-tudo na casa do paciente

Se há limitações impostas ao Cuidador de Idoso em seu trabalho no plantão domiciliar com o paciente? Essa pergunta pode ser, principalmente, de alguém que não passou por um curso de capacitação profissional. Mas fique à vontade aqui, pode me perguntar essa ou sobre outras questões do Cuidador de Idoso e eu respondo com toda atenção. Sim, há várias limitações do profissional de acordo com o tipo de capacitação que ele tem hoje em dia. Por isso, cada vez mais quem quer seguir nesse trabalho árduo, mas também prazeroso e gratificante, deve estudar para isso, se aperfeiçoar e saber dos seus direitos, obtendo respeito com seus deveres. Não pode haver o chamado “jeitinho brasileiro” com a saúde dos outros. O Cuidador de Idoso não deve indicar remédio, por mais caseiro que for para o sintoma algum. Só os médicos podem prescrever remédio para algum tratamento. Mesmo aquele cuidador que tenha…

Funções do Cuidador de Idoso

Muito além da alimentação e higiene do paciente em domicílio Para ser um cuidador de idoso é preciso gostar de viver, independente dos seus problemas do dia a dia. É preciso amar o próximo, não importando a sua crença ou religião. E muito mais do que isso é preciso gostar e entender o envelhecimento. Assim, penso que são dicas para você desempenhar um ótimo trabalho em domicílio de famílias com costumes diferentes do seu, mas que é o seu dever respeitá-los. Ali, cumprir a sua função com apoio no aprendizado, talvez durante anos de experiência ou vindo da sabedoria através do estudo constante aliado a prática em alguma escola de capacitação. Uma vida está em suas mãos e nem sempre o cuidador é um profissional da enfermagem. São funções diferentes, embora ambos contribuem com todos os cuidados e muita atenção à saúde do paciente. A função do Cuidador de Idoso…

× Fale com a Dila!