Tag

dila homecare

Browsing

Cuidador de Idoso não é um faz-tudo na casa do paciente

Se há limitações impostas ao Cuidador de Idoso em seu trabalho no plantão domiciliar com o paciente? Essa pergunta pode ser, principalmente, de alguém que não passou por um curso de capacitação profissional. Mas fique à vontade aqui, pode me perguntar essa ou sobre outras questões do Cuidador de Idoso e eu respondo com toda atenção. Sim, há várias limitações do profissional de acordo com o tipo de capacitação que ele tem hoje em dia. Por isso, cada vez mais quem quer seguir nesse trabalho árduo, mas também prazeroso e gratificante, deve estudar para isso, se aperfeiçoar e saber dos seus direitos, obtendo respeito com seus deveres. Não pode haver o chamado “jeitinho brasileiro” com a saúde dos outros. O Cuidador de Idoso não deve indicar remédio, por mais caseiro que for para o sintoma algum. Só os médicos podem prescrever remédio para algum tratamento. Mesmo aquele cuidador que tenha…

Cuidado? O que é isso? Como posso ter cuidado comigo e com os outros?

Na falta de cuidados com o idoso, contrate um profissional para executar a tarefa com muito respeito ao próximo. Cuidado significa atenção, precaução, cautela, dedicação, carinho, responsabilidade. Muito além dos cuidados físicos, há de se levar em conta as questões emocionais, a história de vida e sentimentos de cada pessoa. Muitas das vezes precisamos da ajuda de um profissional para cuidar de quem somos responsáveis e não temos tempo ou habilidades. Uma criança, um idoso… um doente ou alguém que acabou de fazer uma cirurgia e com o acúmulo de nossas tarefas não damos conta de tudo. É aí que entra em ação o “cuidador”, importante profissional, principalmente, na vida do idoso. Ele deve ter uma visão ampla da necessidade do idoso, dos seus hábitos e de sua rotina no dia a dia. Para executar o “cuidado” com qualidade o “cuidador do idoso” precisa não só de conhecimento, mas também…

× Fale com a Dila!