Tag

#CursoDeCuidadorDeIdosos;; #HomeCare

Browsing

Ir ou não ir no médico? Eis a questão!

Quando você deve procurar um médico? Entender seu corpo é estar equilibrado e balanceado com a vida. A resposta parece simples, quando há em seu corpo algum sintoma, um alerta com dores. Mas às vezes, pode ser difícil descobrir se você realmente precisa marcar uma consulta para a avaliação do médico. Principalmente se a dor for no peito ou se o sintoma for uma fraqueza súbita, tontura ou alterações na visão. Neste caso, não espere pela consulta médica que pode não ser no mesmo dia marcado. É preciso ir ao mais próximo pronto-socorro e o mais rápido possível. Atrasar o tratamento pode, em muitos casos, ter um impacto significativo na sua saúde e bem-estar. Não deixe prolongar os sintomas que surgem no seu corpo. Seja eficaz para descobrir o que realmente sente e assim optar por uma consulta médica ou a ida ao pronto-socorro. Aqui estão 6 sintomas que você…

Lidando com a enxaqueca, aprenda com a gente!

Você sofre de enxaqueca? Aquela dor latejante que atinge mais ou só um lado da cabeça? Conheça os pontos agravantes da enxaqueca e como lidar com ela! Quem sofre de enxaqueca sabe que, quando a dor de cabeça latejante atinge, você abandona tudo, caso contrário a dor será pior e se arrastará por mais tempo. Então você toma seus remédios ao primeiro sinal de uma enxaqueca e chega a um quarto escuro e silencioso para esperar a dor de cabeça.  Mas o que acontece depois da dor de cabeça? Você cuida de si mesmo durante a enxaqueca?  A “ressaca da enxaqueca” é o momento em que a dor desaparece, mas você se sente espancado e  cansado. Se você se mover muito rapidamente, poderá sentir um eco da dor de cabeça, como uma contusão dentro da sua cabeça. As pessoas muitas vezes não percebem que a ressaca é uma fase oficial da enxaqueca,…

Governo alemão investe em formação de Cuidadores de Idosos

Veja o que pensa um dos países mais desenvolvidos do mundo sobre a profissão que trata os idosos – Um exemplo a ser observado. Prevenção é prioridade de aposentados na Alemanha ao planejarem os anos em que precisarão de cuidados. Todavia asilos são opção para boa parte dos alemães, mas governo pretende criar milhares de empregos para cuidadores de idosos. No ano passado, tive que sair temporariamente da casa em que vivia em Bonn, no oeste da Alemanha, para que os proprietários, que moravam no andar de cima, fizessem uma reforma. “Já queremos nos preparar para quando não pudermos mais subir as escadas”. Explicaram. O casal aposentado mudou toda a estrutura para que a casa pudesse acomodar os dois velhinhos no dia em que precisem de cuidados especiais. “Olha, esta porta agora é bem ampla, e não há nenhum degrau. Assim, podemos entrar com a cadeira de rodas”. Disse o médico…

Como cuidar de idosos? Confira 7 dicas práticas

Cuidar de Idosos – Uma profissão em alta A procura por profissões na área de cuidado, como cuidar de idosos, tem crescido conforme aumenta a expectativa de vida da população. Com este campo em crescimento, aumentam também as oportunidades de especialização para esta área. Cuidar de idosos como profissão requer capacitação adequada para preparar o profissional, e inseri-lo no mercado de trabalho com confiança e experiência, trazendo credibilidade e segurança ao contratante. Por isso, é importante procurar por cursos especializados que qualifiquem o profissional para atender o paciente da melhor maneira, cuidando e promovendo a sua saúde, e zelando pelo seu bem-estar. Aproveite e continue sua leitura conosco para conhecer 7 dicas primordiais para cuidar de idosos. 1. Seja companheiro Companheirismo e atenção são de extrema importância na vida de qualquer pessoa. O idoso muitas vezes se vê sozinho por consequência de seu quadro, diminuindo a interação social, e tornando-se introspectivo e…

Confira as principais tendências do mercado home care em 2018

Segundo esta pesquisa realizada pelo IBGE, de 1940 a 2015, a expectativa de vida do brasileiro passou de 45,5 anos para 75,5 anos, aumentando 30 anos. As áreas de saúde da família e cuidados domiciliares, também conhecidas como home care, vêm crescendo significativamente nos últimos anos. Essas áreas são promissoras para o futuro por conseguirem manter o cuidado ao paciente fora do ambiente hospitalar, permitindo a presença e o auxílio dos familiares durante o tratamento, o conforto domiciliar ao paciente e evitando exposição a infecções hospitalares. Continue a leitura deste post para conhecer mais sobre essa área tão promissora e saiba como fazer parte dela. Por que escolher o home care? O período de internação em um hospital é extremamente estressante. O desconforto, o medo, a mudança de ambiente, os cuidados feitos por desconhecidos e outros motivos levam as pessoas a optarem pelo serviço home care. Ter a liberdade de…