Tag

cotidiano

Browsing

Cuidador de Idoso não é um faz-tudo na casa do paciente

Se há limitações impostas ao Cuidador de Idoso em seu trabalho no plantão domiciliar com o paciente? Essa pergunta pode ser, principalmente, de alguém que não passou por um curso de capacitação profissional. Mas fique à vontade aqui, pode me perguntar essa ou sobre outras questões do Cuidador de Idoso e eu respondo com toda atenção. Sim, há várias limitações do profissional de acordo com o tipo de capacitação que ele tem hoje em dia. Por isso, cada vez mais quem quer seguir nesse trabalho árduo, mas também prazeroso e gratificante, deve estudar para isso, se aperfeiçoar e saber dos seus direitos, obtendo respeito com seus deveres. Não pode haver o chamado “jeitinho brasileiro” com a saúde dos outros. O Cuidador de Idoso não deve indicar remédio, por mais caseiro que for para o sintoma algum. Só os médicos podem prescrever remédio para algum tratamento. Mesmo aquele cuidador que tenha…

Elevando a autoestima e renovando as esperanças para além da pandemia

Vivemos um momento onde a tecnologia oferece tantas opções e oportunidades de mudanças de vida em todos os sentidos. Embora isso aconteça é muito comum sentirmos um vazio, desesperança, descontentamento, infelicidade. São tempos difíceis, que nem sempre as coisas acontecem como queremos. Antes da pandemia, estávamos vivendo de forma corrida, não tínhamos tempo pra nada! Vivíamos ocupados com nossas tarefas do dia a dia. De repente fomos “forçados a parar”, a pandemia nos parou. Começamos a ser um pouco mais reflexivos… a prioridade era sempre o outro! Priorizar o outro nos faz ter baixa autoestima, nos trazendo tristeza constante, infelicidade, insatisfação, pessimismo, além da sensação de insuficiência, de nos sentirmos feios, pois não temos tempo pra nós mesmos. Abandonamos nossos sonhos e projetos, acumulamos lixo emocional. É preciso saber dizer NÃO, quando não queremos fazer algo. Quando não nos amamos, não rompemos! Ficamos estagnados, sem conseguir dar sequência aos nossos…

× Fale com a Dila!