Segundo dados do IBGE, a expectativa de vida do brasileiro é de 75,8 anos, em média. Com base nesse número, é importante que tenhamos a consciência de que viver mais implica em ter melhor qualidade vida.

O tema segurança para idosos tem sido recorrente nos últimos anos devido aos números alarmantes de notificações de acidentes e quedas divulgados pelo governo. Eles costumam acontecer em casa e nas ruas e são ocasionados por vários motivos.

Entre eles, podemos citar o uso de calçados inadequados, a queda da pressão arterial, o enfraquecimento de músculos e ossos, a visão debilitada, as dificuldades de equilíbrio, o uso inadequado de remédios e a falta de manutenção das calçadas e vias públicas.

Quer saber como os familiares e cuidadores de idosos podem ajudá-los a evitar que eles se machuquem? Confira este post e conheça maneiras de promover a segurança para idosos a fim de prevenir acidentes que costumam acontecer nas ruas.

Boa leitura!

Usar calçados adequados

Para evitar quedas, o recomendado é que os idosos calcem sapatos fechados e de solas antiderrapantes. Os calçados esportivos, como os tênis, são ótimas opções. É importante que eles evitem sair nas ruas usando chinelos e que, em casa, não andem de meias.

As mulheres não devem usar saltos altos e também devem evitar o uso de roupas longas, como saias e vestidos, para que eles não enrosquem nos calçados.

Andar nas calçadas

Sabe-se que todo pedestre deve andar em calçadas e longe das guias. No caso dos idosos, esse cuidado torna-se ainda maior. Como eles estão mais propensos a ter desequilíbrio e tontura, corre-se o risco de serem atingidos pelos veículos em movimento.

O ideal é que eles saiam acompanhados de alguém da família ou do cuidador de idosos. Muitos relutam em relação a isso, mas é necessário insistir — afinal, a segurança deles deve vir em primeiro lugar.

Utilizar os acessórios corretos

Alguns idosos apresentam dificuldades de locomoção. Nesses casos, é imprescindível que eles utilizem bengalas e andadores. Esses acessórios conferem segurança e melhor mobilidade para os idosos.

Ter atenção ao atravessar a rua

Além de andar nas calçadas, é imprescindível que os idosos tenham muita cautela ao atravessar a rua. Eles devem certificar-se de que o sinal de pedestre esteja aberto e que os veículos estejam parados. Também é fundamental que eles só atravessem na faixa de pedestres. Caso não haja semáforos, recomende que eles peçam a ajuda de alguém.

Carregar pacotes e sacolas

Cabe aos familiares ou ao cuidador de idosos carregar as embalagens deles. Além de ser um ato gentil, isso evita que eles transportem peso — o que pode causar desequilíbrio. Em caso de peso excessivo, utilize veículos públicos ou particulares para facilitar a locomoção.

Orientar e amparar os idosos são ações fundamentais para resguardá-los e evitar que acidentes aconteçam. Nesse sentido, umas das funções de um cuidador de idosos é alertá-los e acompanhá-los nas ruas e passeios em geral. Portanto, se você trabalha com pessoas da terceira idade, fique atento aos pontos indicados neste artigo!

Se você considera este artigo útil, compartilhe-o com os seus amigos nas redes sociais e espalhe essas dicas sobre segurança para idosos ao maior número de pessoas!

Escreva um comentário

Share This