Assumir o cuidado de um idoso, além de ser uma grande responsabilidade, exige comprometimento e, muitas vezes, abdicação. Isso porque não são raros os casos em que a saúde do cuidador acaba sendo prejudicada devido ao excesso de trabalho e à forma como esse papel é enxergado.

Para lidar com pessoas vulneráveis — tanto física quanto mentalmente —, é necessário ter equilíbrio emocional, desenvolver empatia (capacidade de se colocar no lugar do outro) e, principalmente, cuidar de sua própria saúde.

Se você quer saber mais sobre como dar a atenção necessária à sua saúde, leia este artigo até o final. Vamos dar dicas de como manter a saúde emocional em dia, cuidar do corpo e ter disposição para desempenhar sua função. Acompanhe!

Cuide de sua higiene pessoal

Mais do que uma questão associada à estética, a higiene pessoal é fundamental na prevenção de doenças, no bom convívio social e, acima de tudo, na manutenção da autoestima. Além disso, no trabalho de cuidador de idosos, há atividades como trocar curativos e auxiliar no banho ou na alimentação, sendo a higiene obrigatória para não colocar a saúde do paciente em risco.

Por essa razão, mesmo com a rotina corrida e o trabalho desgastante, procure estar sempre com mãos e unhas limpas, cuidar das roupas e não deixar o cabelo com aspecto sujo, por exemplo.

Vale lembrar que essa dica também se aplica aos dentes, afinal ninguém quer ser conhecido por ter mau hálito, certo? Ou seja: procure estar com os dentes sempre escovados e visite um dentista periodicamente, para evitar problemas maiores.

Pratique atividades físicas

A atividade física é fundamental para manter a saúde do corpo e da mente. Além disso, o trabalho de cuidar de pessoas idosas exige, por diversas vezes, força e habilidade para lidar com o peso do corpo do paciente.

Então, procure praticar alguma atividade física pelo menos três vezes na semana. Além de melhorar o condicionamento físico em geral, a autoestima e a prevenção de uma série de doenças, os exercícios ajudam a lidar com o estresse do dia a dia, pois fazem com que você libere a endorfina, um dos hormônios ligados à felicidade.

Melhore a alimentação

É da alimentação que retiramos toda a energia necessária para que o corpo consiga realizar as atividades ao longo do dia. Mas, para que isso aconteça de maneira saudável, é preciso priorizar os alimentos certos. A seguir, veja algumas dicas que, quando adotadas em suas refeições, vão proporcionar mais saúde e até a melhora de seu humor:

  • prefira alimentos integrais, pois são mais saudáveis;
  • lembre-se de que verduras e legumes são ricos em fibras, vitaminas e minerais. Por isso, acrescente-os a suas refeições;
  • não se esqueça de ingerir frutas, pois elas também são fontes de vitaminas;
  • evite alimentos gordurosos e muito açucarados.

Faça exames de rotina

Prevenir problemas de saúde é sempre bom, mas não se esqueça de fazer exames periodicamente para conferir como anda seu corpo. Só assim você pode monitorar seu organismo de perto e procurar por soluções quando algo não estiver indo bem.

Adote hobbies

O trabalho de cuidador exige muita disposição física e mental — e o profissional pode se tornar estressado ou sem alegria de viver. Por isso, sempre que possível, tire um tempo só para você e invista em algo de que goste. Hobbies como aulas de dança, pintura, ler livros ou passear com os amigos podem ser aliados na hora de manter o equilíbrio emocional.

Descanse

Por fim, não se esqueça de descansar! Para tanto, experimente dormir bem e relaxar. Ter uma boa noite de sono evita problemas de saúde e alivia o estresse e a ansiedade, além de influenciar diretamente no humor do dia seguinte.

A boa saúde do cuidador é fundamental na hora de se dedicar a acompanhar um idoso. Por isso, adote essas dicas e aproveite para desenvolver um bom trabalho, mantendo a harmonia entre o corpo e a mente.

E então, gostou deste conteúdo? Que tal contar a seus amigos como cuidar melhor da saúde? Compartilhe nosso post em suas redes sociais!

Escreva um comentário

× Fale com a Dila!