A população idosa no Brasil tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, devido aos avanços dos tratamentos geriátricos. Com isso, também cresce a necessidade de haver pessoas capacitadas para cuidar delas.

O cuidador de idosos é um desses profissionais que são responsáveis pela promoção do bem-estar e da saúde das pessoas de terceira idade que necessitam de cuidados especiais.

Por isso, este artigo vai mostrar quais são as principais características do cuidador de idoso e as habilidades que ele precisa ter para exercer a profissão. Continue a leitura e saiba mais!

Autocontrole

O cuidador de idosos tem que estar preparado para enfrentar e resolver situações críticas. Em decorrência da idade, o idoso tende a se tornar mais sensível, vulnerável e pode apresentar alterações de humor, como ficar agressivo sem qualquer motivo aparente, por exemplo.

Por isso, a necessidade de ter autocontrole e equilíbrio emocional para resolver questões tão delicadas. Manter a calma e ser bastante prático também pode ajudar.

Bom senso

É fundamental desenvolver o bom senso para avaliar e tomar decisões rápidas em situações emergenciais. Principalmente se os familiares ou pessoas conhecidas não estiverem por perto.

O cuidador de idosos deve estar atento o tempo todo e de olho no seu paciente. Também fique alerta ao comportamento dos idosos e evite distrair-se com coisas sem importância.

Porte físico

O cuidador de idosos deve ter boas condições de saúde, pois, muitas vezes, o paciente apresenta debilidades físicas. Então, será necessário ajudar o idoso em algumas atividades rotineiras, como na hora do banho.

Portanto, você deve se preocupar em manter boas condições de saúde, alimentando-se adequadamente e praticando exercícios físicos com frequência. Dessa maneira, é possível manter a agilidade e a musculatura em dia.

Capacidade de organização

Uma das características do cuidador de idoso que deve ser levada em conta é a capacidade de organização. O profissional é o responsável pela administração de medicamentos e pelos horários das refeições e dos banhos.

Os controles de glicemia e da pressão arterial devem ser frequentes também. Portanto, é importante que essas tarefas sejam anotadas em um quadro, para que o cuidador não se esqueça de realizá-las.

Paciência

A paciência e a tolerância estão também entre as principais características do cuidador de idoso. Afinal esse profissional está assessorando um paciente, que de certa forma, encontra-se debilitado.

Muitas vezes, ocorrem situações nas quais é preciso ser paciente para não estressar o idoso ou, na pior das hipóteses, provocar reações controversas, como a agressividade.

Todas as características do cuidador de idoso citadas no texto são fundamentais para promover o bem-estar e uma melhor qualidade de vida ao paciente. O ato de conviver com pessoas exige dedicação e amor ao próximo.

O cuidador de idosos deve ter essas habilidades e, também, ter a capacitação profissional exigida para exercer a profissão, pois é por meio dela que o profissional vai aprender lições práticas e teóricas de como atender as pessoas da terceira idade.

Se você está interessado em especializar-se como cuidador de idosos, basta acessar o link para esclarecer todas as suas dúvidas. Estamos esperando por você!

Escreva um comentário

Share This