O sono em excesso ou falta interferem na qualidade de vida do idoso.

Você sabia que até mesmo da pessoa que cuida dele? Sim, porque o cuidador deve ficar atento, em tempo integral do trabalho, a todos os sinais de possíveis anormalidades que colocam em risco a boa saúde do paciente.

O idoso, geralmente, gosta de cochilar durante o dia. Isso pode ser um dos motivos da falta de sono da noite ou não ter qualidade no repouso. Para a melhora é importante distraí-los durante toda a claridade para que haja menos cochilos possíveis.

Outro fator que pode influenciar no sono é alguma medicação ou até mesmo a patologia do idoso –  e o indicado, neste caso, é procurar um médico para uma avaliação.


5 dicas para melhorar a qualidade do sono do idoso:

  •  Durante o dia realizar atividades que possam distraí-lo;
  • Um bom travesseiro, um bom colchão e um ambiente agradável também colaboram para um sono adequado;
  • Atividades prazerosas, exercícios leves e massagens ajudam a relaxar e melhoram a qualidade do sono;
  • Evitar cafeína próximo da hora de dormir;
  • Evitar ingerir líquidos perto do horário de dormir para que o idoso não tenha que acordar várias vezes durante a noite para urinar.

Se precisar de alguma informação, entre em contato pelo Whatsapp. 

× Fale com a Dila!