Um mês todo rosa para prevenção e conscientização do
Câncer de mama e câncer do colo do útero

Participe da Campanha do Outubro Rosa 2021!

 Muito se ouve falar em Outubro Rosa, mas o que é e para que serve?

É importante saber que desde os anos 90 o mês de outubro é celebrado anualmente com objetivo de compartilhar informações sobre o “câncer de mama” e “câncer do colo do útero”. Muito mais do que isso, o período é para promover a conscientização sobre essas doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade feminina.

Câncer de mama e câncer do colo do útero: quais seus principais sintomas?

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos.  Já o câncer do colo do útero, também conhecido como câncer cervical é causado pela infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano – HPV (oncogênicos).

 Sempre alerta aos sintomas e sinais!

O câncer de mama pode ser percebido em fases iniciais, na maioria dos casos, por meio dos seguintes sinais e sintomas.

  • Nódulo (caroço) fixo e geralmente indolor: quando o câncer é percebido pela própria mulher é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos.
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.
  • Alterações no bico do peito (mamilo).
  • Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço.
  • Saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

Esses sinais e sintomas devem sempre ser investigados por um médico para que seja avaliado o risco de se tratar de câncer.·.

Atenção redobrada para as mulheres!

O câncer do colo do útero é uma doença de desenvolvimento lento, que pode não apresentar sintomas em fase inicial. Nos casos mais avançados, pode evoluir para sangramento vaginal intermitente (que vai e volta) ou após a relação sexual, secreção vaginal anormal e dor abdominal associada a queixas urinárias ou intestinais.

Entenda o diagnóstico!

CA de mama: por meio da biópsia, técnica que consiste na retirada de um fragmento do nódulo ou da lesão suspeita por meio de punções (extração por agulha) ou de uma pequena cirurgia. O material retirado é analisado pelo patologista para a definição do diagnóstico.

CA de colo de útero: O exame preventivo do câncer do colo do útero (Papanicolau) é a principal estratégia para detectar lesões precursoras e fazer o diagnóstico precoce da doença.

Tratamento

O tratamento do câncer de mama depende da fase em que a doença se encontra e do tipo do tumor. Pode incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica (terapia alvo).

Entre os tratamentos para o câncer do colo do útero estão a cirurgia, estão a quimioterapia e a radioterapia. O tipo de tratamento dependerá do estadiamento (estágio de evolução) da doença, tamanho do tumor e fatores pessoais, como idade da paciente e desejo de ter filhos.


 

Se precisar de alguma informação, entre em contato pelo Whatsapp. 

× Fale com a Dila!