Em tempos de Copa do Mundo nada melhor do que observar as equipes, suas estratégias e os desempenhos dos grandes ídolos para nosso desenvolvimento de carreira.

Sim, estamos falando que se você quer ser profissional de saúde, um cuidador domiciliar, pode se tornar um Neymar ou um Cristiano Ronaldo da área.

Já reparou que nas histórias da maioria desses ídolos mundiais sempre tem a infância pobre, falta de recursos e afins e com tudo isso eles chegam lá?

Talento? Claro, é preciso talento, mas apenas o sinônimo de aptidão, habilidade, vocação, jeito, inclinação… não ganha medalha, disse certa vez um técnico. E o que é necessário então?

 

Vamos dividir com você as dicas do craque Raí que escreveu em seu livro

Para ser jogador de futebol: dicas de um campeão para você se tornar um jogador profissional de sucesso”

 

A lista traduz muito bem tudo aquilo o que precisamos aprender com o futebol para sermos um grande profissional, no nosso caso grandes cuidadores.

 

As dicas são:
  • Treinar, treinar e treinar.
  • Lealdade: quem é leal tem respeito permanente.
  • Não se achar melhor do que os outros, mesmo que você seja.
  • Sempre respeitar o adversário e a torcida adversária.
  • Não temer situações adversas. Jogos duros e decisivos fazem parte da profissão. E aí que está a diferença entre um bom jogador e um jogador fora de série.
  • Não revidar. Nunca.
  • Focar 100% no jogo.
  • Nunca, em nenhuma circunstância, achar que ganhou o jogo antes do apito final.
  • Respeitar a hierarquia do clube, do qual o jogador é apenas um funcionário.
  • Saber lidar com as críticas que certamente virão.
  • Entender a torcida e que o futebol mexe com paixões, ou seja, o que não é para os torcedores uma coisa racional.

 

Resumindo e trazendo para nossa área de profissionais de saúde, o importante é ter uma boa formação, saber trabalhar em equipe, ser leal, ouvir as críticas como dicas para você evoluir e saber que estamos trabalhando com famílias, onde existe a possibilidade de perda de um ente querido, logo, as emoções estão bem afloradas.

De olho na primeira dica, “treinar, treinar, treinar” vamos te contar como formamos um supertime de Home Care do qual você pode fazer parte.

Só contratamos cuidadores formados por nós. Isso porque fizemos um Planejamento com uma Estratégia, muito bem pensada, para sermos os melhores do mercado. Se podemos ser “Alexandre, o Grande” por que ser “Alexandre, O Médio”?

 

Como funciona nosso curso?

* É ministrado por Enfermeiros, Assistentes Sociais e Fisioterapeutas

* Possui material didático de alta qualidade

* Programação Neurolinguística

* Estágio Supervisionado

* Carga horária de 160 horas

* Equipamentos de última geração como o Simulador Avançado dos Efeitos da Velhice

* Certificado

 

Somos uma equipe campeã há 21 anos.
Nosso objetivo é formar craques.
Se for esse o seu sonho, SER UM CRAQUE, entre em contato, estamos te esperando!

Escreva um comentário

× Fale com a Dila!