É muito importante a contribuição da psicologia no processo de envelhecimento do ser humano – sobretudo no auxílio das práticas clínicas com o idoso.

É natural que o passar do tempo faça mudanças no nosso desenvolvimento. As diversas perdas não podem ser descartadas do nosso consciente.

Quando tudo atrapalha a rotina diária é preciso atenção de quem cuida do idoso. Daí entra em campo a psicologia na figura de um profissional gabaritado.

O idoso precisa de um ouvinte muito além dos amigos e da família – aliás, todos nós. Um psicólogo vai conduzi-lo com ferramentas adequadas à sua compreensão conservando sempre suas memórias sem prejudicá-lo mentalmente em sua realidade.

Por isso, não se assuste, pois o tempo vai impor limites e precisamos de preparação muito antes de chegar a ser um idoso.  Não vamos nos render às barreiras que vão surgir, temos que aprender a fazer delas um grande aprendizado preservando nossos laços de uma vida inteira.


 

Se precisar de alguma informação, entre em contato pelo Whatsapp. 

× Fale com a Dila!