Sim. Mas quando se trata de um tema como “Doença Sexualmente
Transmissível” não é previsto que o grupo de idosos se encaixe
nesse quadro. Pensar desta forma nada mais é que um ato de preconceito,
tanto da sociedade, quanto do próprio idoso que não busca
orientações sobre a sexualidade por medo do julgamento.

A sexualidade na velhice ainda é um assunto pouco discutido no campo da
saúde. E também é pouco percebido e entendido pela sociedade, pelos
próprios idosos e pelos profissionais de saúde.

Existem diversas doenças sexualmente transmissíveis que podem afetar o
idoso, assim como pessoas de várias idades. Basta ter a vida sexual
ativa, porém é preciso destacar o cuidado com a contaminação com o
HIV, vírus da AIDS.

“O aumento do número de idosos vivendo com HIV/ AIDS no Brasil e em
outros países mostra a necessidade e importância dos profissionais de
saúde ‘reolharem’ para sua atuação, incluindo a abordagem da
sexualidade do idoso” (Alencar et al, p.2, 2016).

ESCLARECENDO ALGUMAS DÚVIDAS RELACIONADAS AO TEMA:

IDOSOS TEM A VIDA SEXUAL ATIVA?

Sim, o fato de o corpo envelhecer não justifica que esse idoso perca o
desejo sexual. Claro que existirão limitações no exercício da
sexualidade, um exemplo, o idoso com a mobilidade física prejudicada
terá um pouco mais de dificuldade para realizar o ato sexual, porém,
nada é impossível.

COMO OS IDOSOS PODEM ADQUIRIR HIV/ AIDS?

AS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS TÊM AFETADO MUITO OS IDOSOS. Na
idade avançada ocorre uma mudança negativa do sistema imunológico e
nutricional, fazendo com que a pessoa fique mais suscetível a adquirir
doenças.

O uso de agulhas e seringas compartilhadas é um dos grandes fatores de
risco, contudo, o principal é a falta do uso de preservativo.

HIV/ AIDS EM IDOSOS

O idoso pode ter outras doenças em associação, como diabetes,
hipertensão, alterações no nível de colesterol e problemas nos rins
e, por isso, tem um impacto muito maior do que no jovem do ponto de
vista físico.

O aumento do número de casos de HIV na população idosa tem sido
associado ao envelhecimento da população brasileira, ao aumento da
sobrevida das pessoas com HIV/ Aids e ao acesso a medicamentos para
distúrbios eréteis, fator que tem prolongado a atividade sexual de
idosos em associação com a desmistificação do sexo na terceira
idade. (Santos et al, p. 149, 2010)

EXISTE CURA PARA HIV/ AIDS?

Não, mas o tratamento faz com que a pessoa consiga conviver com a
doença e pode permitir uma vida prolongada em muitos casos. A
acessibilidade e a aceitabilidade são obstáculos para o tratamento
adequado.

A maioria dos idosos descobre a doença já em um estágio avançado,
justamente por medo de procurar um profissional de saúde e ser julgado.
No caso das mulheres, por simplesmente achar que devido ao fato de não
menstruar mais, não precisa da consulta do ginecologista
periodicamente.

COMO PREVENIR HIV/ AIDS EM IDOSOS?

· Incentivar o idoso a fazer o uso do preservativo e
encorajá-lo a buscar

conhecimento e orientações pela equipe de saúde.

· Não compartilhar agulhas e seringas com outras pessoas.

· Caso necessite receber uma transfusão de sangue, exigir que o
mesmo seja testado para todas as doenças que possam ser
transmitidas pelo sangue.

COMO O CUIDADOR (A) PODE AJUDAR ESSE IDOSO?

O cuidador não tem autonomia para realizar intervenções, porém,
está diretamente em contato com o idoso. Principalmente com os que têm
limitações de mobilidade, necessitando do auxílio do profissional
para fazer a higiene corporal. É nesse momento que o cuidador pode agir
com conhecimento em prol de ajudar o idoso. Ele pode observar se há
algo de errado no corpo do paciente, podendo identificar odor ou
características diferentes na genitália.

Essas e outras informações, como, comportamentos do idoso no dia a dia
podem facilitar o diagnóstico médico. Além disso, o cuidador pode
ajudar na educação sexual e prevenção das doenças, orientando o
idoso a fazer uso do preservativo.

PREVINA-SE, AIDS NÃO ESCOLHE IDADE! A SUA VIDA É IMPORTANTE!

ENFERMEIRA DAIANE CARVALHO GARCIA

COREN: 564.876

Escreva um comentário

Share This