As festas de fim de ano passaram e a preocupação com a alimentação do idoso deve seguir com bastante atenção.

Gostar de comer não é um prazer apenas do idoso, mas tudo que se refere à sua digestão requer muito mais cuidados que os outros, mas isso não quer dizer que as pessoas da terceira idade têm que se privar dos bons sabores sentadas à mesa com sua família ou amigos.

Janeiro é um mês típico das férias e sendo assim a boa gastronomia está presente também nas casas de praia e campo. O idoso, assim como as crianças sem as aulas, é item certo na alegria do encontro com todos.

Aliás, o idoso não pode ficar de fora das confraternizações em qualquer tempo do ano, a não ser por motivos precisos – e a inclusão dele é mais que saudável para sua vida na hora das refeições.

Mas o equilíbrio na alimentação é fundamental, principalmente,  no verão. Tempo em que o cuidado com a temperatura da comida, por exemplo, vai além da escolha do prato principal e sobremesas, longe das comidas mais pesadas.

Para os cuidados em casa a grande dica dos nutricionistas aos que por conta médica não exige dietas elaboradas, dependendo do estado nutricional e fisiológico, é manter os exames em dia.

Fique de olho nas carnes magras, frutas, verduras, legumes que fazem bem para a boa digestão na terceira idade. O percentual de gordura elevado não é bom para ninguém e o bem-estar é tudo na vida sem a grande quantidade de calorias, gorduras, sódio e açúcares prejudiciais à saúde.


4 dicas que contribuem para a fácil digestão 

  1. Mastigue bem, devagar e não fale enquanto se alimenta. …
  2. Equilibre sua alimentação.
  3. Prepare a sua comida com cuidados nos temperos fortes.
  4. Respeite seu organismo.
  5. Faça exercícios físicos regularmente.

 

Se precisar de alguma informação, entre em contato pelo Whatsapp. 

× Fale com a Dila!