Uma das principais tarefas de um cuidador de idosos é preservar a higiene pessoal do paciente, o que inclui escovar os dentes, cortar as unhas, cuidar do cabelo e tomar banho. Muitas vezes, o idoso não tem condições de realizar essas ações sozinho, daí a necessidade de alguém que saiba supervisionar ou realizar a tarefa da forma correta e humanizada.

Por mais que alguns idosos não se sintam dispostos, o banho diário é fundamental para a autoestima, aliviar as tensões, relaxar, melhorar o humor, além de ajudar na circulação sanguínea. Se você quer saber mais sobre o assunto, leia este artigo até o final para conhecer algumas dicas de como dar banho em idoso de maneira correta e segura. Vamos lá?

Tipos de banho

Basicamente, existem dois tipos de banhos comuns em idosos: o banho de aspersão, que é feito no chuveiro, e o banho acamado. A escolha vai depender das condições de saúde do idoso.

Quando possível, o ideal é perguntar qual tipo de banho é mais confortável para ele. Além disso, é preciso avaliar se o paciente possui condições de se levantar da cama para ficar de pé ou mesmo sentado no box do banheiro. Nesses casos, o banho de aspersão é o mais indicado, pois promove mais autonomia ao paciente, além de ser mais refrescante.

Dicas de como dar banho em idoso

Independentemente do tipo, algumas dicas são essenciais para que o banho seja feito da maneira correta, sem riscos para a pessoa cuidada. Saiba quais são a seguir!

Feche portas e janelas

Na hora do banho, seja no banheiro ou no quarto, é imprescindível fechar as janelas e portas do local. Primeiro porque os idosos têm imunidade mais baixa e, com o vento, correm o risco de contrair um resfriado. Em segundo lugar, é importante manter o ambiente fechado para evitar que outras pessoas vejam o idoso durante o banho, causando-lhe constrangimento.

Verifique a temperatura da água

A pele de pessoas mais velhas costuma ser mais sensível e apresentar menos elasticidade devido ao processo natural de envelhecimento. Por isso, lembre-se sempre de verificar se a temperatura da água está agradável. Sempre que possível, peça para o próprio paciente dar a sua opinião sobre a água e não se esqueça também de levar em conta a temperatura do dia.

Opte por um sabonete neutro

Na hora de escolher os produtos para higienização, uma dica é dar preferência para sabonetes neutros ou até mesmo infantis sem efeito desengordurante. Sabonetes coloridos ou muito cheirosos podem causar alergias ou desconforto ao paciente.

Lave bem mãos e braços

Para dar banho em um idoso de forma segura não se esqueça de lavar as suas mãos e braços antes para evitar qualquer tipo de contaminação. Se preferir, adote o uso de luvas para realizar o procedimento.

Retire acessórios que possam machucar

Como a pele do idoso tende a ser mais sensível, é fundamental retirar quaisquer acessórios que possam machucar o paciente, o que inclui anéis, relógios ou pulseiras. O mesmo vale para as unhas, que devem ser curtas e sem esmaltes.

É importante lembrar que o banho é um procedimento delicado e, por isso, é preciso tomar todos os cuidados necessários. Para aprender como dar banho em idoso com todas as técnicas necessárias, procure um curso de cuidador de idoso!

Ficou interessado no assunto? Entre em contato conosco e descubra as vantagens de fazer um curso específico na área!

Escreva um comentário

Share This