Demência Senil – saiba o que é

 

demência é uma perturbação psicológica que afeta milhões de idosos. Está muitas vezes associadas a doenças como Alzheimer ou a um AVC que destroem as células cerebrais. A demência é a progressiva deterioração da função cognitiva, ou seja, a capacidade de pensar e raciocinar.

perda de memória, principal consequência da doença, faz com que o idoso se torne cada vez mais incapaz de entender o que se passa ao seu redor. Este fator ajuda a torná-lo mais ansioso e agressivo. Os indivíduos que possuem demência senil perdem-se facilmente e passam por grandes constrangimentos, podendo não reconhecer pessoas bem próximas como familiares e amigos.

 

Principais sintomas da doença

A demência senil apresentar sintomas variados. Eles dependem muito da causa da doença e podem demorar anos para se manifestar. Os sintomas mais comuns são:

– Perda da memória, confusão e desorientação;

– Dificuldade em compreender comunicação escrita ou verbal;

– Dificuldade em tomar decisões;

– Dificuldade em encontrar as palavras;

– Dificuldade em reconhecer familiares e amigos;

– Esquecimento de fatos comuns como dia da semana;

– Alteração da personalidade e do senso crítico;

– Depressão, ansiedade, insônia, desconfiança, delírios e alucinações;

– Agitação e caminhadas durante a noite;

– Falta de apetite, perda de peso, incontinência urinária e fecal;

– Dificuldade em dirigir;

– Passa a ser comum se perder em ambientes conhecidos;

– Movimentos e fala repetitiva;

– Dificuldade em cozinhar e nos cuidados pessoais

– Dependência progressiva

Diagnóstico e tratamento para a demência senil

Procure um profissional assim que perceber os sintomas. A doença pode ser diagnosticada por meio de exames como hemograma, teste de função renal, hepática e tireoidiana, dosagem de vitamina B12 e ácido fólico, glicemia de jejum, tomografia computadorizada do crânio ou ressonância magnética.

Além de exames físicos, o médico deve realizar testes para avaliar o estado mental, avaliação do grau de atenção e concentração e das habilidades em resolver problemas, nível de comunicação, entre outros.

O tratamento inclui medicamentos na fase inicial, como inibidores da acetilcolinesterase, antidepressivos, estabilizadores de humor ou neurolépticos. Profissionais também indicam tratamentos de fisioterapia e terapia ocupacional, assim como a realização de orientação adequada da família e cuidadores.

Atualmente, o mais indicado é manter o portador de demência senil num meio que lhe seja favorável e familiar, fazendo com que ele se mantenha ativo, participando o máximo possível nas atividades diárias e de comunicação, a fim de preservar as capacidades do indivíduo.

 

Nosso serviço de Home Care trabalha com profissionais exclusivamente e formados por nós. Além disso, temos uma equipe de diversos profissionais especializados: fisioterapeuta, terapeuta ocupacional etc.

 

 

Escreva um comentário

Share This