Na falta de cuidados com o idoso, contrate um profissional para executar a tarefa com muito respeito ao próximo.

Cuidado significa atenção, precaução, cautela, dedicação, carinho, responsabilidade. Muito além dos cuidados físicos, há de se levar em conta as questões emocionais, a história de vida e sentimentos de cada pessoa.

Muitas das vezes precisamos da ajuda de um profissional para cuidar de quem somos responsáveis e não temos tempo ou habilidades. Uma criança, um idoso… um doente ou alguém que acabou de fazer uma cirurgia e com o acúmulo de nossas tarefas não damos conta de tudo.

É aí que entra em ação o “cuidador”, importante profissional, principalmente, na vida do idoso. Ele deve ter uma visão ampla da necessidade do idoso, dos seus hábitos e de sua rotina no dia a dia.

Para executar o “cuidado” com qualidade o “cuidador do idoso” precisa não só de conhecimento, mas também de materiais para executar os procedimentos.


 Sabe quais são esses materiais?

* Aparelho de verificar pressão arterial;

* Termômetro;

* Caderno de anotação e caneta;

Ah, mas não basta ter em mãos o material. É preciso usar uma roupa adequada para realizar o plantão.

* Calça comprida;

* Camisa;

* Sapato fechado;

* Jaleco.


Um outro ponto essencial é a conduta do cuidador durante seu trabalho!

  • Anotar os procedimentos realizados;
  • Ter em mãos os documentos do idoso;
  • É preciso saber falar com o Idoso;
  • Deve se falar de frente para que ele possa ler os lábios.
  • Ajustes nas técnicas e nos meios;
  • O banho, além de refrescar o corpo, tem o objetivo de incentivar a criação de hábitos higiênicos, promovendo a saúde;
  • Todos os cuidados de higiene como tomar banho, higiene dos cabelos, unha, barba, boca, dentes e próteses, devem ser a medida do possível, realizados pelo próprio idoso, a fim de preservar sua habilidade. Quando necessário, o auxílio deve ser feito de fora, de forma que preserve a dignidade e individualidade do mesmo. Sempre sem exposição durante o banho e sempre que possível, respeitar o hábito do idoso, como o uso de batons, esmaltes, penteados, entre outros.
  • As roupas devem ser trocadas diariamente e ser da escolha do idoso;
  • Os objetos de higiene pessoal devem ser de uso individual e exclusivo;
  • A necessidade do sono do idoso pode estar alterada, caso se mantenha uma rotina diária inadequada;
  • Visitas periódicas ao oftalmologista (oculista) deverão acontecer para preservar a saúde ocular do idoso.

Se precisar de alguma informação, entre em contato pelo Whatsapp. 

× Fale com a Dila!