Categoria

Saúde

Categoria

Ingestão Hídrica em Idosos

A água é um componente essencial para o corpo humano, uma vez que todas as nossas células precisam dela para manter seu funcionamento adequado. A água contribui para absorção de nutrientes, faz parte do volume de sangue e urina e auxilia na manutenção da temperatura corporal, além de participar de outras funções e de inúmeras reações no nosso corpo. Nos períodos mais frios do ano, a ingestão hídrica precisa ter ainda mais atenção, pois é quando geralmente há maior negligência desse consumo. Isso acontece, por esquecimento devido a ausência de sede, que é muito comum nesses períodos e com maior freqüência no público idoso. Em idosos, o consumo de água precisa de um cuidado especial. Esse público está mais vulnerável à desidratação devido à presença de doenças, ausência de sede e também pelo fato de que, em seu corpo, a composição de água é menor, quando comparada as…

Conhecendo a Acupuntura – Parte 3

Na Medicina Tradicional Oriental, tudo tem importância e um significado, até mesmo a ausência de informação. Nela, encontramos ciclos que se repetem constantemente, como o fluxo do biorrítimo que é medido em intervalos de 2 horas para as fases de atividades do Sistema de Canais energéticos. Os canais de energia têm a função de comunicação do Interior com o Exterior, com ligação direta entre os órgãos internos, o sangue e a parte somática, com o intuito de promover o equilíbrio da circulação. Os pontos de acupuntura são como pontos de conexão à distância para acesso aos órgão e vísceras, de forma que consigamos atuar, aquecer, esfriar, circular energia mais rapidamente ou lentamente, retirar ou colocar energia no sistema. A medicina oriental possui um diferencial, pois além de possuir uma grande eficácia para a maioria das queixas, de fato, algumas delas nem são diagnosticadas ou tratadas pela medicina ocidental. Por exemplo,…

Entendendo a Síndrome do Climatério

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, climatério é a fase da evolução biológica da mulher compreendida entre o fim da fase reprodutiva até o início da senilidade. É quando ocorre a menopausa, após a última menstruação considerada, num período de doze meses consecutivos de amenorreia. Estudos demonstram que a diminuição do estrogênio ocasiona a diminuição do nível de serotonina circulante. Na medicina Ocidental os níveis normais de serotonina podem ser alcançados por meio de tratamento hormonal, uma verdadeira “bomba hormonal” e que pode ser um grande problema para a maioria das mulheres. Sintomas da Síndrome do Climatério, origens: Deficiência estrogênica e progestagênica, Envelhecimento. Sintomas da Síndrome do Climatério, manifestações: Neurogênicas: Ondas de calor, Calafrios, Palpitações, Cefaleia, Tonturas, Parestesias, Insônia, Falta de memória, Fadiga. Psicongênicas: Depressão, Ansiedade, Irritabilidade e Diminuição da libido. Metabólicas: Osteoporose, Aterosclerose Mamárias: Mastalgia, Mastodinia Urogenitais: Secura vaginal, Dispareunia, Prurido vulvar, Corrimento, Sangramento uterino disfuncional,…

O Caminho do Relaxamento

Quando os pontos de acupuntura são estimulados, a mente se acalma e são observadas sensações de bem-estar e relaxamento muscular. Nesse estado o corpo está vivenciando o aumento do fluxo sanguíneo e a liberação de estagnações que impedem a livre movimentação de energia, ou seja, a verdadeira força motriz para a transformação dos diferentes estados que acontecem no corpo humano, como por exemplo a gradual diminuição de uma inflamação ou de um processo infeccioso. Na verdade, quando o corpo é agredido por um fator interno ou externo, sua capacidade natural de cura é prejudicada. São aqueles momentos em que nos sentimos estranhos ou falamos que vamos adoecer. Na prática, por meio das técnicas da Medicina Tradicional Chinesa, o acupunturista objetiva o reequilíbrio energético, promovendo o relaxamento muscular, onde os vasos sanguíneos estão relaxados e liberados de acúmulos de sangue de má qualidade. Existem várias teorias sobre como esse estímulo pode…

Doença sexualmente transmissível em idosos?

Sim. Mas quando se trata de um tema como “Doença Sexualmente Transmissível” não é previsto que o grupo de idosos se encaixe nesse quadro. Pensar desta forma nada mais é que um ato de preconceito, tanto da sociedade, quanto do próprio idoso que não busca orientações sobre a sexualidade por medo do julgamento. A sexualidade na velhice ainda é um assunto pouco discutido no campo da saúde. E também é pouco percebido e entendido pela sociedade, pelos próprios idosos e pelos profissionais de saúde. Existem diversas doenças sexualmente transmissíveis que podem afetar o idoso, assim como pessoas de várias idades. Basta ter a vida sexual ativa, porém é preciso destacar o cuidado com a contaminação com o HIV, vírus da AIDS. “O aumento do número de idosos vivendo com HIV/ AIDS no Brasil e em outros países mostra a necessidade e importância dos profissionais de saúde ‘reolharem’ para sua atuação,…

Conhecendo a Acupuntura. Parte 2

Para entender a Medicina Tradicional Oriental (MTO), precisamos abrir um pouco mais o nosso olhar, alcançando os países do Oriente Antigo como a China, a Coreia, a Índia, o Egito e o Japão. Culturas detentoras de conhecimentos milenares sobre as Ciências do Universo. Na cultura desses países não falamos em doenças, mas em desequilíbrios energéticos no corpo físico da pessoa. Vejamos a manifestação chamada de “dor de cabeça” ao visitarmos um posto de saúde ou a emergência de um hospital. De forma prática o problema seria resolvido com a indicação de uma determinada fórmula química e que resulte no alívio para essa dor. Se a dor desaparecer, problema resolvido. Se a dor voltar e se transformar em algo recorrente, será necessária uma pesquisa mais apurada. As Medicinas Orientais buscam a origem do desequilíbrio, algo além de observar as manifestações daquela suposta doença. A mesma “dor de cabeça” iniciará vários questionamentos…

As disfunções da Tireoide

A glândula tireoide se localiza no pescoço e tem a função de regulação hormonal. Responsável pela produção dos hormônios T3 (triiodotironina) e o T4 (tiroxina), ajuda na regulação de vários órgãos importantes e fundamentais para o bem estar do paciente, como cérebro, coração, fígado e rins. A disfunção dessa glândula é chamada de Hipertireodismo ou Hipotireodismo. No Hiper, a tireoide tem um aumento na produção dos hormônios e no Hipo, uma queda nessa produção hormonal. SINTOMAS NA DISFUNÇÃO DA TIREOIDE HIPERtireoidismo HIPOtireoidismo Perda de peso inesperada Ganho de peso inexplicável Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares Batimentos cardíacos lentos Sudorese e irritabilidade excessivas Pele seca, descamação e rugosidade Olhos inchados Olhos inchados Fadiga, fome excessiva e intolerância ao calor Fadiga e sensibilidade ao frio Dificuldade para adormecer ou insônia Ronco ou sonolência Mudanças de humor ou nervosismo Depressão, difusão sexual e letargia Menstruação irregular Menstruação irregular Diarreia e tremor Constipação…

Conhecendo a Acupuntura. Parte 1

Num sentido estrito, a Acupuntura, ou o uso terapêutico pelo uso da agulha, compreende a prática exercida por pessoas especificamente treinadas na arte de entender o funcionamento do corpo energético, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, herança de uma cultura e de um povo com mais de 5.000 anos de história. Na verdade, os acupunturistas utilizam uma variedade de ferramentas e técnicas, desde as agulhas descartáveis até aparelhos de Eletroacupuntura e Lasers. Isso abrange técnicas como a moxabustão, uma terapia de calor aplicada nos pontos de acupuntura causando o alívio de dores e eliminando as estagnações energéticas. A Ventosaterapia, que é o estímulo de sucção, de forma bem específica para determinadas patologias. A Ariculoterapia, pela análise dos pontos de correspondência no corpo humano. E as técnicas de relaxamento, com o intuito de promover a cura física e espiritual. Perguntas frequentes sobre Acupuntura: Como entender a Acupuntura? Seus princípios estão baseados na…