Categoria

Saúde

Categoria

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DOS EXERCÍCIOS FÍSICOS E SAIBA COMO MANTER OS IDOSOS ATIVOS SEM SAIR DE CASA

A atividade física é cada vez mais fundamental para os idosos.  Com regularidade, ela surge como um meio de promoção à saúde e qualidade de vida. No Brasil já existem diversos programas destinados à população idosa para prática de atividade física. A prática de exercícios físicos para idosos traz muitos benefícios como: gerenciamento de doenças crônicas, reduz os riscos da baixa capacidade física, aumenta a longevidade, desacelera as alterações fisiológicas do envelhecimento, melhora as alterações da composição corporal causada pelo envelhecimento, diminui os riscos de doença do coração, fortalece a massa óssea e a massa muscular, promove bem-estar psicológico e cognitivo, entre outros. Hoje,  vivemos um momento muito delicado por conta de um vírus e não podemos ter convívio social e nem mesmo sair de casa, então essa situação é muito complicada para a rotina dos idosos que praticam atividade física.  Como irão se exercitar sem sair…

Você conhece alguém que não está sabendo lidar com essa pandemia?

Se você ou alguém que você conhece não está sabendo lidar com essa pandemia, e está ficando ansioso, depressivo, agressivo, compulsivo ou com muito medo, a Dila Oliveira está trazendo uma DICA que pode ajudar. No link abaixo tem diversos psicólogos conectados que poderão ajudar pessoas a lidarem com as próprias dificuldades, são diversas lives e vídeos interessantes que ajudam na saúde emocional.   É só clicar e seguir.   https://www.facebook.com/achavedaquestaoo/

Você conhece o DISQUE SAÚDE: 136?

 O DISQUE SAÚDE, funciona como teleatendimento e fornece informações sobre doenças, se você está com algum sintoma do COVID-19 ou conhece alguém esteja, é só discar 136 no seu celular/telefone e será orientado no que fazer. O Disque Saúde 136 funciona 24 horas; de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 18h, o cidadão pode falar diretamente com o teleatendente. Fora desses horários, as informações são disponibilizadas pela Unidade de Resposta Audível (URA), com informações gravadas.

Medidas de prevenção COVID-19

Quando adotamos as medidas de prevenção, não estamos somente nos prevenindo, mas prevenindo também as pessoas próximas. Em relação a medidas de prevenção comunitária, o Ministério da Saúde, em ressonância com as diretrizes mundiais, preconiza como medidas de prevenção à população:  Ministério da Saúde, 2020. PREVENÇÃO COMUNITÁRIA Realizar lavagem frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel, especialmente após contato direto com pessoas doentes; Utilizar lenço descartável para higiene nasal; Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; Higienizar as mãos após tossir ou espirrar; Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; Manter os ambientes bem ventilados; Evitar contato com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.

8 dicas de como fazer O ISOLAMENTO SOCIAL menos entediante para os idosos.

A Dra. Valmari Cristina Aranha, diretora da SBGG, em entrevista concedida aos jornais Extra e O Globo, listou algumas dicas de como as pessoas da terceira idade podem passar pelo isolamento social de uma maneira mais amena. Fixar rotina A rotina faz com que o idoso fique menos ansioso. Por isso, nem pensar em ficar de pijama o dia todo. Definir horários para as refeições, por exemplo, ajuda a manter a glicose estável, pois evita que o idoso fique “beliscando” ao longo de todo do dia. “Tanto na infância quanto na velhice, a rotina é extremamente importante porque norteia a parte cognitiva. É na rotina que você encontra metas e objetivos”, explica a gerontóloga Carolina Ruiz, que é diretora do espaço Avance Centro-Dia 60+. Adaptar exercícios Para os que estão acostumados a fazer exercícios em academias ou ao ar livre, o ideal é adaptar a atividade para dentro de…

Criatividade e cuidado com seu idoso em dias de quarentena na prevenção do novo Coronavírus

É tempo de criatividade com nova rotina em casa, principalmente a que inclui os idosos no ambiente domiciliar. Em tempos do novo coronavírus (COVID-19) é preciso criar novas formas para viver bem e de forma saudável. Tudo passa e o coronavírus também vai passar, pode ser um jeito simplista de enxergar a vida quando pensamos que a doença pode ser devastadora. Mas o pensamento não deixa de ser uma grande verdade. Agora, como será a sua trajetória na passagem desse período difícil, turbulento e sério? É preciso ser responsável com sua vida e com a do idoso em sua casa. Todo cuidado é pouco. Evitar que seu idoso fique resfriado é uma importante determinação que se não for cumprida você estará colocando em risco a vida de todos em casa. E não é preciso que o resfriado surja com todos os sintomas do novo coronavírus. Corte o mal pela raiz,…

Lesão por Pressão em idosos: o que é e como prevenir

A nossa pele é dividida por três camadas, sendo elas, epiderme, derme e hipoderme. Uma das suas principais funções é conservar a temperatura corporal e proteger todo o interior do corpo. Por isso, sofre com impactos, cisalhamentos e pressão externa. No idoso, a pele é mais frágil, ressecada, e tem perda de elasticidade pelo enfraquecimento, que pode ser dividido em “envelhecimento extrínseco” e “envelhecimento intrínseco”. O primeiro acontece por fatores externos como exposição ao sol, uso de álcool e drogas e o segundo é com o avanço da idade. À medida que os anos passam, a pele envelhece. Por esse motivo, o idoso com deficiência de mobilidade tem mais chances de desenvolver a Lesão por Pressão (LPP). A LPP ocorre quando há uma pressão entre o tecido e uma superfície dura, causando morte tecidual, geralmente localizada em regiões de maior proeminência óssea, podendo ser porta de entrada para infecções.…

Entenda um pouco sobre a descoberta e o impacto do Coronavírus na rotina da nossa vida

O novo coronavírus foi descoberto no fim de dezembro de 2019 após casos registrados na China. Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante em termos de saúde pública, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave, identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio, identificada em 2012. Como o novo coronavírus é transmitido? As investigações sobre as formas de transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, está ocorrendo a contaminação por gotículas respiratórias ou contato pessoal. Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção. É importante observar que a disseminação de pessoa para pessoa pode ocorrer de forma continuada. Alguns vírus são altamente contagiosos (como sarampo), enquanto outros são menos. Ainda não está claro com que facilidade o novo coronavírus se espalha de pessoa para…

A companhia de um animal de estimação proporciona vida saudável ao idoso

Esse post é para você que tem idoso em casa e quer para ele cada vez mais saúde e longevidade. Além de um bom acompanhamento médico, há ações que contribuem muito com o seu ótimo desempenho no lar entre amigos e familiares. Aqui vai uma dica que tem surtido efeito no dia a dia desse ser humano. Nessa fase da vida ele precisa da nossa ajuda e, por que não dizer, também dos animais de estimação. Os animais em casa podem ajudar no combate da solidão e depressão do idosos. Estimula a ter uma vida mais saudável junto aos familiares e de todos em seu convívio. Isso quer dizer, melhores índices dos sintomas que aterrorizam a terceira idade com níveis altíssimos. Com os bichinhos de estimação ao lado como gatos e cachorros é comum os donos idosos ter uma menor taxa de pressão arterial, glicemia e colesterol. Os animais…

Ingestão Hídrica em Idosos

A água é um componente essencial para o corpo humano, uma vez que todas as nossas células precisam dela para manter seu funcionamento adequado. A água contribui para absorção de nutrientes, faz parte do volume de sangue e urina e auxilia na manutenção da temperatura corporal, além de participar de outras funções e de inúmeras reações no nosso corpo. Nos períodos mais frios do ano, a ingestão hídrica precisa ter ainda mais atenção, pois é quando geralmente há maior negligência desse consumo. Isso acontece, por esquecimento devido a ausência de sede, que é muito comum nesses períodos e com maior freqüência no público idoso. Em idosos, o consumo de água precisa de um cuidado especial. Esse público está mais vulnerável à desidratação devido à presença de doenças, ausência de sede e também pelo fato de que, em seu corpo, a composição de água é menor, quando comparada as…