Categoria

Saúde

Categoria

Elevando a autoestima e renovando as esperanças para além da pandemia

Vivemos um momento onde a tecnologia oferece tantas opções e oportunidades de mudanças de vida em todos os sentidos. Embora isso aconteça é muito comum sentirmos um vazio, desesperança, descontentamento, infelicidade. São tempos difíceis, que nem sempre as coisas acontecem como queremos. Antes da pandemia, estávamos vivendo de forma corrida, não tínhamos tempo pra nada! Vivíamos ocupados com nossas tarefas do dia a dia. De repente fomos “forçados a parar”, a pandemia nos parou. Começamos a ser um pouco mais reflexivos… a prioridade era sempre o outro! Priorizar o outro nos faz ter baixa autoestima, nos trazendo tristeza constante, infelicidade, insatisfação, pessimismo, além da sensação de insuficiência, de nos sentirmos feios, pois não temos tempo pra nós mesmos. Abandonamos nossos sonhos e projetos, acumulamos lixo emocional. É preciso saber dizer NÃO, quando não queremos fazer algo. Quando não nos amamos, não rompemos! Ficamos estagnados, sem conseguir dar sequência aos nossos…

O que faz você ser “velho” ou “idoso”?

Aqui vão algumas dicas, longe de esgotar uma lista e ser unanimidade, mas que podem ajudar a você viver bem melhor e com mais esperança com o passar dos anos.  Para você não achar que após a meia-idade começa o final da vida com muito cansaço e indisposição. Tudo depende de como você se posiciona diante da vida. O idoso a partir de 60 anos vai acrescentando idade sem sofrer com isso. Não faz de seus erros um arrependimento e nem de seus acertos um ponto final.  Faz tudo para não reclamar enxergando lado bom da vida. O velho não ganha tempo, ele perder tempo com a chegada de mais uma idade, pois não suporta pensar no envelhecimento. Ele não vê futuro em nada que tem pela frente. É só lamentação. O idoso mostra alegria a cada dia que vive, mesmo quando está em circunstâncias adversas.   Procura ser sábio para…

A SAÚDE BUCAL DOS IDOSOS É ESSENCIAL

Realizar a higiene bucal dos pacientes acamados é de extrema importância para evitar doenças, como cárie, gengivite, periodontite e até levá-las para o organismo. A higiene bucal deve ser realizada após cada refeição.  Se sozinho o idoso consegue fazer essa tarefa, o cuidador deve incentivá-lo a separar o material para a limpeza e posicionar o paciente próximo a pia, pois isso ajuda no autocuidado. Se o idoso usa prótese dentária é preciso ser removida com cuidado para não cair e escová-la com creme dental específico para essa finalidade. No caso de idoso, a limpeza da boca é para ser feita com escova de cerdas macias ou um abaixador de língua. Usar uma gaze umedecida com água e enxaguar bem toda a cavidade bucal. Depois de a higiene oral colocar a prótese molhada, pois ela seca pode machucar a gengiva. DOENÇAS DA BOCA: CÁRIE: acontece quando tipos de bactérias produzem ácidos…

Autocuidado para Cuidadores de Idosos durante o momento atual – Pandemia

Busquei em alguns dicionários definições para autocuidado. No dicionário inFormal, a definição, na minha concepção foi a mais coerente: “ Cuidado consigo mesmo, atenção às próprias necessidades corporais, mentais e psicológicas.” Em contato com alguns cuidadores, observei que a responsabilidade de cuidar de um idoso traz diversos sentimentos . Por um lado o altruísmo, por estar se dedicando a alguém que necessita, por outro lado, lidar com fatores estressantes como, a doença, limitações, humor oscilante e até mesmo familiares. Todos esses fatores impactam diretamente no autocuidado, que não é só a estética, afeta também a saúde mental.  Nesse momento tão delicado que estamos atravessando, como o medo do vírus e a incerteza, estão trazendo desesperança.  É muito importante que o cuidador se preocupe com sua qualidade de vida. Para lidar com toda essa pressão, é necessário ter estratégias de enfrentamento que possam reduzir esses eventos estressantes e colaborarem com o…

Conheça os benefícios dos exercícios físicos e saiba como manter os idosos ativos sem sair de casa

A atividade física é cada vez mais fundamental para os idosos.  Com regularidade, ela surge como um meio de promoção à saúde e qualidade de vida. No Brasil já existem diversos programas destinados à população idosa para prática de atividade física. A prática de exercícios físicos para idosos traz muitos benefícios como: gerenciamento de doenças crônicas, reduz os riscos da baixa capacidade física, aumenta a longevidade, desacelera as alterações fisiológicas do envelhecimento, melhora as alterações da composição corporal causada pelo envelhecimento, diminui os riscos de doença do coração, fortalece a massa óssea e a massa muscular, promove bem-estar psicológico e cognitivo, entre outros. Hoje vivemos um momento muito delicado por conta de um vírus e não podemos ter convívio social e nem mesmo sair de casa, então essa situação é muito complicada para a rotina dos idosos que praticam atividade física. Como irão se exercitar sem sair de casa? Será…

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DOS EXERCÍCIOS FÍSICOS E SAIBA COMO MANTER OS IDOSOS ATIVOS SEM SAIR DE CASA

A atividade física é cada vez mais fundamental para os idosos.  Com regularidade, ela surge como um meio de promoção à saúde e qualidade de vida. No Brasil já existem diversos programas destinados à população idosa para prática de atividade física. A prática de exercícios físicos para idosos traz muitos benefícios como: gerenciamento de doenças crônicas, reduz os riscos da baixa capacidade física, aumenta a longevidade, desacelera as alterações fisiológicas do envelhecimento, melhora as alterações da composição corporal causada pelo envelhecimento, diminui os riscos de doença do coração, fortalece a massa óssea e a massa muscular, promove bem-estar psicológico e cognitivo, entre outros. Hoje,  vivemos um momento muito delicado por conta de um vírus e não podemos ter convívio social e nem mesmo sair de casa, então essa situação é muito complicada para a rotina dos idosos que praticam atividade física.  Como irão se exercitar sem sair de casa? Será…

Você conhece alguém que não está sabendo lidar com essa pandemia?

Se você ou alguém que você conhece não está sabendo lidar com essa pandemia, e está ficando ansioso, depressivo, agressivo, compulsivo ou com muito medo, a Dila Oliveira está trazendo uma DICA que pode ajudar. No link abaixo tem diversos psicólogos conectados que poderão ajudar pessoas a lidarem com as próprias dificuldades, são diversas lives e vídeos interessantes que ajudam na saúde emocional.   É só clicar e seguir.   https://www.facebook.com/achavedaquestaoo/

Você conhece o DISQUE SAÚDE: 136?

 O DISQUE SAÚDE, funciona como teleatendimento e fornece informações sobre doenças, se você está com algum sintoma do COVID-19 ou conhece alguém esteja, é só discar 136 no seu celular/telefone e será orientado no que fazer. O Disque Saúde 136 funciona 24 horas; de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 18h, o cidadão pode falar diretamente com o teleatendente. Fora desses horários, as informações são disponibilizadas pela Unidade de Resposta Audível (URA), com informações gravadas.

Medidas de prevenção COVID-19

Quando adotamos as medidas de prevenção, não estamos somente nos prevenindo, mas prevenindo também as pessoas próximas. Em relação a medidas de prevenção comunitária, o Ministério da Saúde, em ressonância com as diretrizes mundiais, preconiza como medidas de prevenção à população:  Ministério da Saúde, 2020. PREVENÇÃO COMUNITÁRIA Realizar lavagem frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel, especialmente após contato direto com pessoas doentes; Utilizar lenço descartável para higiene nasal; Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; Higienizar as mãos após tossir ou espirrar; Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; Manter os ambientes bem ventilados; Evitar contato com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.

8 dicas de como fazer O ISOLAMENTO SOCIAL menos entediante para os idosos.

A Dra. Valmari Cristina Aranha, diretora da SBGG, em entrevista concedida aos jornais Extra e O Globo, listou algumas dicas de como as pessoas da terceira idade podem passar pelo isolamento social de uma maneira mais amena. Fixar rotina A rotina faz com que o idoso fique menos ansioso. Por isso, nem pensar em ficar de pijama o dia todo. Definir horários para as refeições, por exemplo, ajuda a manter a glicose estável, pois evita que o idoso fique “beliscando” ao longo de todo do dia. “Tanto na infância quanto na velhice, a rotina é extremamente importante porque norteia a parte cognitiva. É na rotina que você encontra metas e objetivos”, explica a gerontóloga Carolina Ruiz, que é diretora do espaço Avance Centro-Dia 60+. Adaptar exercícios Para os que estão acostumados a fazer exercícios em academias ou ao ar livre, o ideal é adaptar a atividade para dentro de…

× Fale com a Dila!