Categoria

Cuidador de idosos

Categoria

Você conhece alguém que não está sabendo lidar com essa pandemia?

Se você ou alguém que você conhece não está sabendo lidar com essa pandemia, e está ficando ansioso, depressivo, agressivo, compulsivo ou com muito medo, a Dila Oliveira está trazendo uma DICA que pode ajudar. No link abaixo tem diversos psicólogos conectados que poderão ajudar pessoas a lidarem com as próprias dificuldades, são diversas lives e vídeos interessantes que ajudam na saúde emocional.   É só clicar e seguir.   https://www.facebook.com/achavedaquestaoo/

Você conhece o DISQUE SAÚDE: 136?

 O DISQUE SAÚDE, funciona como teleatendimento e fornece informações sobre doenças, se você está com algum sintoma do COVID-19 ou conhece alguém esteja, é só discar 136 no seu celular/telefone e será orientado no que fazer. O Disque Saúde 136 funciona 24 horas; de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 18h, o cidadão pode falar diretamente com o teleatendente. Fora desses horários, as informações são disponibilizadas pela Unidade de Resposta Audível (URA), com informações gravadas.

Medidas de prevenção COVID-19

Quando adotamos as medidas de prevenção, não estamos somente nos prevenindo, mas prevenindo também as pessoas próximas. Em relação a medidas de prevenção comunitária, o Ministério da Saúde, em ressonância com as diretrizes mundiais, preconiza como medidas de prevenção à população:  Ministério da Saúde, 2020. PREVENÇÃO COMUNITÁRIA Realizar lavagem frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel, especialmente após contato direto com pessoas doentes; Utilizar lenço descartável para higiene nasal; Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; Higienizar as mãos após tossir ou espirrar; Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; Manter os ambientes bem ventilados; Evitar contato com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.

8 dicas de como fazer O ISOLAMENTO SOCIAL menos entediante para os idosos.

A Dra. Valmari Cristina Aranha, diretora da SBGG, em entrevista concedida aos jornais Extra e O Globo, listou algumas dicas de como as pessoas da terceira idade podem passar pelo isolamento social de uma maneira mais amena. Fixar rotina A rotina faz com que o idoso fique menos ansioso. Por isso, nem pensar em ficar de pijama o dia todo. Definir horários para as refeições, por exemplo, ajuda a manter a glicose estável, pois evita que o idoso fique “beliscando” ao longo de todo do dia. “Tanto na infância quanto na velhice, a rotina é extremamente importante porque norteia a parte cognitiva. É na rotina que você encontra metas e objetivos”, explica a gerontóloga Carolina Ruiz, que é diretora do espaço Avance Centro-Dia 60+. Adaptar exercícios Para os que estão acostumados a fazer exercícios em academias ou ao ar livre, o ideal é adaptar a atividade para dentro de…

Você sabia que pode confeccionar sua própria máscara ?

Você sabia que pode confeccionar sua própria máscara ? Veja abaixo algumas dicas de confecção da máscara liberadas pelo Ministério da Saúde. Em primeiro lugar, é preciso dizer que a máscara é individual. Não pode ser dividida com ninguém, nem com mãe, filho, irmão, marido, esposa etc. Então se a sua família é grande, saiba que cada um tem que ter a sua máscara, ou máscaras; A máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano; Mas atenção: a máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face; Também é importante ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a…

Fica em casa com um estudo de qualidade online

Fica em casa com um estudo de qualidade online: “Curso de Cuidador de Idosos”, muito além de Bonsucesso e Nova Iguaçu. São 25 anos de uma trajetória vitoriosa. É nesse período que o Curso de Cuidador Dila Oliveira vem construindo suas conquistas. E não vamos parar nesse grande obstáculo que é o novo Coronavírus. Vamos enfrentá-lo semeando prevenção, cuidado e coragem, nos moldando ao novo mundo para o bem da saúde coletiva. Em tempos tão difíceis como essa pandemia, o “Dila Oliveira” propõe um curso online com muita criatividade, o que é para nós uma nova forma de enxergar a capacitação profissional. Durante a crise que estamos vivendo reavaliamos o nosso papel na grande empreitada que é a saúde, bem-estar e autoestima da terceira idade. Seja onde o idoso estiver com seus familiares estará precisando de cuidados. Esqueçamos por um prazo a forma presencial que sempre privilegiamos para o estudo…

Proteção aos idosos!

Hoje, idoso em casa é a melhor recomendação para prevenção do novo Coronavírus . Mas, por favor, sem agressões de qualquer tipo ou em qualquer lugar por motivo algum. Idosos nas ruas, nem sempre é falta de necessidade. Atenção ao encontrar com um deles, parte do grupo mais vulnerável ao Covid-19, que quer ainda mantém sua rotina. Dê atenção, informação e contribua com o amor e afeto na luta para se prevenir da doença. Mas, claro, seja preciso e mantenha-se à distância permitida. É uma febre ouvir ou ler “alertas” nas redes sociais sobre os idosos na rua, mas também “maus-tratos” aos idosos que circulam pelas ruas quando deveriam estar em casa no isolamento. Alguns agridem até com palavrões, quando o correto é se integrar à campanha de esclarecimento para essa faixa etária, que se inclui como principal grupo de risco. Faço sempre, coro aos que reforçam o bom tratamento…

Criatividade e cuidado com seu idoso em dias de quarentena na prevenção do novo Coronavírus

É tempo de criatividade com nova rotina em casa, principalmente a que inclui os idosos no ambiente domiciliar. Em tempos do novo coronavírus (COVID-19) é preciso criar novas formas para viver bem e de forma saudável. Tudo passa e o coronavírus também vai passar, pode ser um jeito simplista de enxergar a vida quando pensamos que a doença pode ser devastadora. Mas o pensamento não deixa de ser uma grande verdade. Agora, como será a sua trajetória na passagem desse período difícil, turbulento e sério? É preciso ser responsável com sua vida e com a do idoso em sua casa. Todo cuidado é pouco. Evitar que seu idoso fique resfriado é uma importante determinação que se não for cumprida você estará colocando em risco a vida de todos em casa. E não é preciso que o resfriado surja com todos os sintomas do novo coronavírus. Corte o mal pela raiz,…

Suicídio: vamos falar sobre o assunto?

É preciso ficar em alerta com o tema, principalmente, quem cuida de idosos O significado do termo suicídio tem origem no latim, na junção das palavras sui (si mesmo) e caederes (ação de matar), ou seja, é um ato que consiste em pôr fim intencionalmente à própria vida. Se comete o suicídio por um excessivo grau de sofrimento causado por vários fatores. O sofrimento que a pessoa apresenta pode ser proveniente de algum transtorno afetivo, como em quadros de psicose aguda ou depressão delirante. Ela quer acabar com a dor e angústia que vivencia, e não com a vida em si. Essa aflição vem de conflitos intrapsíquicos que perturbam excessivamente quem só consegue ver a morte como recurso. Os motivos são diversos: alcoolismo, esquizofrenia; questões sociodemográficas, ligadas ao isolamento social; psicológicos, como perdas recentes; e condições clínicas incapacitantes, como lesões desfigurantes, dor crônica, neoplasias malignas. No entanto, esses aspectos não…

Lesão por Pressão em idosos: o que é e como prevenir

A nossa pele é dividida por três camadas, sendo elas, epiderme, derme e hipoderme. Uma das suas principais funções é conservar a temperatura corporal e proteger todo o interior do corpo. Por isso, sofre com impactos, cisalhamentos e pressão externa. No idoso, a pele é mais frágil, ressecada, e tem perda de elasticidade pelo enfraquecimento, que pode ser dividido em “envelhecimento extrínseco” e “envelhecimento intrínseco”. O primeiro acontece por fatores externos como exposição ao sol, uso de álcool e drogas e o segundo é com o avanço da idade. À medida que os anos passam, a pele envelhece. Por esse motivo, o idoso com deficiência de mobilidade tem mais chances de desenvolver a Lesão por Pressão (LPP). A LPP ocorre quando há uma pressão entre o tecido e uma superfície dura, causando morte tecidual, geralmente localizada em regiões de maior proeminência óssea, podendo ser porta de entrada para infecções.…