Quando se trata do bem estar de um idoso, todo cuidado é necessário!

O Brasil se tornou um país com um grande quantitativo de idosos e, isso se dá pela junção de alguns fatores, sendo alguns a melhoria na expectativa de vida, o avanço da ciência e da medicina, além de outros fatores. Conforme Censo populacional realizado pelo IBGE, a quantidade de pessoas idosas cresce a cada dia e, a expectativa é de que se mantenha crescendo e, que até o ano de 2025 tenhamos no Brasil uma população de pessoas idosas de cerca de 33 milhões.

As mudanças pelas quais o corpo passa durante o processo de envelhecimento determinam algumas mudanças de comportamento e assim também a necessidade de adaptações referentes à nova estrutura corporal das pessoas idosas.

Amor carinho e uma boa experiencia!

Uma adaptação significativa se refere à prevenção de quedas, uma vez que estas são, recorrentemente, enfrentadas pelas pessoas idosas. Surpreendente, numa pesquisa de revisão e atualização, dados apontam que 28% a 35% de pessoas acima dos 65 anos de idade caem pelo menos uma vez durante o ano no mundo, e contudo essa proporção aumenta para até 42% quando os idosos têm mais de 70 anos.

Em estudo brasileiro realizado no ano de 2016 verifica em uma pesquisa realizada com 729 idosos, que quase 30% dos entrevistados sofreram quedas no período de 12 meses e, ainda, demonstra que grande parte desses idosos sofreram mais de uma queda no período.

Além disso, outra pesquisa verificou que 95% dos idosos entrevistados têm medo de sofrerem quedas, certamente tal pesquisa ainda demonstra o abalo funcional e mental relacionado à queda, assim acaba, sendo a demonstração de algum declínio funcional.

É legal entender:

Primeiramente, a prevenção de quedas necessita da conscientização de todos, sejam familiares, cuidadores e profissionais de saúde. Decerto, devem estar presente em um plano que garanta o envelhecimento saudável. Afinal o processo natural de envelhecimento deve abranger todos os contextos da vida. Inegavelmente quanto mais adaptado e ciente do processo, inegavelmente a pessoa idosa terá melhores condições de saúde e qualidade de vida.

As quedas no cenário da velhice: conceitos básicos e atualidades da pesquisa em saúde (Link!)
PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS A QUEDAS EM IDOSOS (Link 1) (Link 2)

FATORES ASSOCIADOS ÀS QUEDAS:
  • Idade avançada (80 anos ou mais)
  • Sexo feminino
  • Histórico de quedas
  • Sedentarismo
  • Imobilidade
  • Insônia
  • Baixa aptidão física
  • Fraqueza muscular de membros inferiores
  • Fraqueza do aperto de mão
  • Equilíbrio reduzido
  • Marcha lenta com passos curtos
  • Dano cognitivo
  • Doença de Parkinson

Maior consumo de medicações, chamada de Polifarmácia (uso de sedativos, hipnóticos, ansiolíticos…dentre outros)

CUIDADOS GERAIS:
  • Fazer exames oftalmológicos e físicos anualmente
  • Ingerir a quantidade adequada de cálcio e vitamina D
  • Expor-se ao sol diariamente por 15 minutos antes das 10h ou depois das 16h sem protetor solar
  • Praticar atividades físicas que desenvolvam agilidade,força,equilíbrio e coordenação
  • Usar calçados com sola anti derrapante e de preferência sem cadarço.
  • Não andar pela casa apenas com meias nos pés
  • Evitar ingerir excessivamente bebidas alcoólicas
  • Manter os medicamentos rotulados e guardados em um local adequado para
    armazenamento
  • Mantenha contato com vizinhos que você possa pedir ajuda.
  • Grave no celular e anote na agenda telefones importantes como 190,192,193 e telefones de parentes mais próximos.
NOS AMBIENTES DA CASA
No quarto:
  • Colocar interruptor de luz próximo da cama ou abajur, e ter um telefone próximo
  • Dormir em uma cama na qual seja possível subir e descer facilmente (cerca de 55 a 65 cm de
    altura)
  • Optar por armários com portas leves e maçanetas grandes para facilitar a abertura
  • Organizar as roupas no armário em lugares que seja fácil de alcançá-las
  • Não deixar roupas e objetos espalhados pelo chão do quarto

No banheiro:
  • Colocar um tapete antiderrapante ao lado da banheira ou do box
  • Instalar na parede um suporte para sabonete líquido
  • Instalar barras de apoio nas paredes do banheiro
  • Colocar tiras antiderrapantes dentro da banheira ou no chão do box
  • Manter algum tipo de iluminação durante a noite
  • Ao tomar banho, caso não consiga se abaixar ou não ter total firmeza, recomenda-se utilizar uma cadeira de plástico firme

Na sala e corredor:
  • Manter o caminho de passagem livre de obstáculos, como mesas de centro, porta revistas e plantas
  • Evitar tapetes
  • Instalar interruptores de luz na entrada das dependências. Preferir os modelos que brilham
    no escuro
  • Manter os elétricos e de telefone fora das áreas de circulação, jamais no chão, como
    debaixo de tapetes
  • Preferir cadeiras e sofás que tenham braços e não sejam muito baixos, pois o grau de
    dificuldade exigido para se levantar é maior


Na cozinha:
  • Eliminar tapetes que possam ocasionar escorregões
  • Limpar imediatamente qualquer vestígio de líquido, gordura ou comida que esteja no chão
  • Organizar os mantimentos e louças em locais de fácil alcance
  • Prender bem os armários à parede e ao chão para servir de apoio ao idoso quando
    necessário
  • Não subir em cadeiras ou caixas para alcançar algo que esteja no alto
  • Não utilizar produtos que deixem o piso escorregadio

Na escada:
  • Não deixar objetos espalhados nos degraus
  • Instalar interruptores de luz na parte inferior e superior da escada ou instalar detectores de
    movimento que fornecem iluminação automaticamente
  • Eliminar tapetes localizados no início ou m da escada
  • Fixar tiras adesivas antiderrapantes em cada borda dos degraus
  • Instalar corrimãos por toda a extensão da escada e em ambos os lados

Prevention of Falls in Older Persons – Summary of Recommendations (Link!)

ALGUNS EXERCÍCIOS PREVENTIVOS

Sentada numa cadeira, com as costas apoiadas no encosto.

Dobrar o tronco para frente tentando levar as mãos ao chão – realizar 10 repetições.

De pé, apoiando as mãos na cadeira.

Realizar leve agachamento e retornar a posição inicial – realizar 10 repetições

De pé, apoiando as mãos na cadeira, realizar a abertura de perna – 10 repetições de cada lado.

De pé, apoiando as mãos na cadeira, dobrar o joelho -10 repetições de cada lado.

Depois, utilizando a mesma posição cará parado pelo menos 10 segundos, repetindo do outro lado.

Sentada numa cadeira, com as costas apoiadas no encosto, realizar o movimento de levantar da cadeira até ficar completamente de pé.

Depois sentando novamente conforme a posição inicial-realizar 10 repetições

Dúvidas e Informações:  de segunda a sexta-feira, de 10h às 16h | SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SUBSECRETARIA DE POLÍTICAS PARA MULHERES E IDOSOS | (21)2334-5500

Todos os direitos autorais da cartilha para a secretária de direitos humanos

Gostou? Fica ligado nas nossas redes sociais e todas novidades semanais!

Escreva um comentário

Share This