O processo de envelhecimento acomete todos que chegam na terceira idade e, com ele, surgem problemas, como dificuldade de locomoção, encurtamento muscular, entre outros. Mas você sabia que a fisioterapia para idosos pode melhorar a qualidade de vida e aumentar a autoestima das pessoas que já atingiram os 60 anos?

A seguir, você vai entender por que a fisioterapia é tão relevante na terceira idade e quais são os benefícios de praticá-la regularmente. Então, continue a leitura e saiba mais!

Por que a fisioterapia para idosos é tão importante?

A fisioterapia geriátrica, como é conhecida a prática dirigida aos mais velhos, tem como objetivo garantir um envelhecimento saudável, tratar lesões nos ossos e músculos, melhorar o equilíbrio e até prevenir doenças. Além disso, estimula o bem-estar e o aumento da autoestima.

Para evitar, ou mesmo, retardar o declínio das funções morfológicas, fisiológicas e bioquímicas, fisioterapia para idosos é feita por meio de sessões regulares, realizadas em clínica ou no domicílio do paciente.

Cabe ao médico e ao fisioterapeuta traçarem um planejamento, de acordo com as condições físicas e mentais de cada idoso.

Quais são os benefícios da fisioterapia para idosos?

Como dissemos acima, a fisioterapia dirigida ao público senil apresenta inúmeros benefícios para a saúde do idoso. Para entender mais sobre o assunto, listamos as principais benesses da fisioterapia na terceira idade. Acompanhe!

Aumento da flexibilidade

A falta de flexibilidade corporal é um problema bastante comum entre os idosos. Então, por meio de exercícios direcionados de alongamento, o paciente desenvolve a flexibilidade e, consequentemente, evita dores lombares, nas pernas e nos braços e se torna mais hábil para executar tarefas cotidianas.

Restabelecimento da coordenação motora 

Outra complicação que acomete os idosos é a perda gradativa da coordenação motora, ou seja, com o passar dos anos, a capacidade de pegar objetos, por exemplo, fica comprometida. Portanto, a prática regular de exercícios estimula os movimentos e permite que o idoso continue tendo autonomia.

Prevenção de doenças

A fisioterapia para idosos visa tratar, e até mesmo evitar, o desenvolvimento de doenças crônicas comuns nessa fase da vida, como artrose, osteoporose, diabetes, incontinência urinária etc. Isso acontece porque os movimentos constantes dos músculos e ossos, além de melhorar a oxigenação das células, beneficia o estado de saúde do idoso em geral.

Melhoria da qualidade de vida 

Ao praticar a fisioterapia geriátrica, o idoso se sente mais bem-disposto e volta, muitas vezes, a ter independência para realizar algumas tarefas cotidianas. Desse modo, o paciente se torna menos propício a enfrentar crises de depressão e consegue ter uma melhoria muito considerável na qualidade de vida.

Aumento da autoestima

Com o passar dos anos, o idoso tende a negativar o conceito que tem dele próprio. Então, é natural que se sinta incapacitado diante da vida. Por isso, a fisioterapia para idosos é tão relevante para trazer alegria à vida do paciente e mostrar para ele o quanto ainda pode aproveitá-la!

Em suma, podemos dizer que a fisioterapia para idosos não oferece riscos ou contraindicações, desde que seja orientada por profissionais especializados. Assim, estimule o idoso a fazer regularmente as sessões de fisioterapia, a fim de melhorar sua qualidade de vida e vê-lo cada dia mais feliz!

Gostou do post sobre fisioterapia para idosos? Então, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais para que seus amigos conheçam os benefícios dessa prática tão relevante!

Escreva um comentário

Share This